Perdoar...




Dizem que perdoar é para os fortes. A vingança é mais fácil, mas é efêmera...



Então, sejamos fortes! Ou...seja fraco e deixe o ódio consumir sua vida.



Porém, acrescento: Quão árduo é o exercício do perdão! Sim! Perdoar requer muito exercício da fé, do caráter e especialmente do temor a Deus...



Temor a Deus não é temê-Lo no sentido de ter medo... É tributar grande respeito ou reverência. É fazer-se temer: inspirar respeito, temor. Ou seja, se temo a Deus, se O conheço, se busco fazer o que é a Sua vontade, se coloco minha vida em Suas mãos, estarei crendo na oração que por vezes já recitei: “Perdoa meus pecados, assim como perdôo os que tem me ofendido”...



Percebemos que essa oração é condicionada. Em outras palavras tenho dito: Assim como tenho perdoado aqueles que me ofendem, peço perdão dos meus pecados ao Senhor.

O perdão que recebo é como aquele que ofereço.



Por vezes me perguntam de onde vem a força que tenho ao perdoar, não tão somente perdoar, mas, esquecer e não viver em ressentimento.



Ora, não tenho idéia se sou forte! Creio que não sou forte! Creio que se há alguma força em mim, essa vem de meu Pai...



Devo concordar quando dizem que não vivo em ressentimento!


Ressentir é sentir tudo novamente... é uma repetição contínua do que nos feriu e do que nos causa dor.



Por isso minha auto-defesa inconsciente me liberta de tal incômodo.



Quando perdoar... O faça de todo seu coração, de toda sua alma e deixa que o tempo cure sua ferida.



Pois, haverá a cicatriz, porém, a dor já não sentirá.

Brígida Oliveira

Comentários

  1. Não cheguei neste estágio de perdoar com tamanho desprendimento de sentimentos, é complicado dizer, mas há mágoas e mágoas...umas são tão profundas que as feridas penso se serão ou não cicatrizadas, mas sigo comigo perdoando, pois, "basta a cada dia seu próprio mal".

    ResponderExcluir
  2. Nunca será fácil, meu amigo!
    Porém, só conseguiremos viver em paz se houver perdão. Uma vez que pedimos a Deus que nos ajude a perdoar, Ele nos ouve e nos ajuda. Isso também é questão de entender que sem Deus nada somos e nada podemos fazer.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Estamos felizes com sua participação. Volte sempre. Responderemos seu comentário logo que possível.

Postagens mais visitadas deste blog

3º Dia: Por que as coisas pioram quando mais buscamos a Deus?

5º Dia: Unges a minha cabeça com óleo e o meu cálice transborda

Refletindo um pouquinho sobre 2 Reis 2: 9- 13