Um olhar sobre as Águas







Aconselho olharem estes vídeos "no tela cheia", as imagens ganham outra dimensão.







Por enquanto, proponho um mergulho em sua mente ao som dessa interpretação maravilhosa de José Ramalho. Essa música é uma verdadeira poesia...




Eu tenho um irmão que tem um hobby muito legal. Ele gosta de viajar. Simplesmente decide o lugar e vai. Ele cria cenários para simuladores de voo e se permite ir onde ele quer. Olhem que voo gostoso Cícero1 fez sobre as Cataratas do Iguaçu. O legal é que ele não se põe limites e não é nenhum pouco egoísta, porque ao compartilhar seu hobby conosco nos permite experimentar estar no comando, ainda que seja nas asas da imaginação:




Compartilho com vocês algumas fotos das Cataratas do Iguaçu feitas pelo fotógrafo das paisagens, Alex Uchôa. Alex é um super fotógrafo. Seu olho é mágico! Este lugar é simplesmente lindo e fantástico!
































Quem não se espanta com as maravilhas que envolvem a água? Quem não se encanta com a água e o som da água? Maravilhosos balés já foram criados com as águas e nas águas. O homem se nutre e se encanta com tão maravilhoso mineral! Há muita vida por onde a água passa.






No Novo México tem “Os Penitentes”. São cumes cobertos naturalmente de gelo em formato de lâminas em ângulos bem afiados. A água tem seus caminhos e suas faces. 
Raramente encontrado, exceto em altas altitudes, os Penitentes podem crescer mais alto do que um ser humano. O nome “Penitentes” foi dado pelos monges do Novo México. Olhe que seus “Chapéus” são no mesmo formato dos gelos, longos e afiados.






Eu gosto de meditar sobre a água. A água refresca, sacia, dissolve, nutre, purifica, lava. A água é fundamental para a existência da vida. Eu gosto de pensar no fato de que na natureza existe uma movimentação natural da água pelo Planeta. Eu gosto de meditar no ciclo da água. Eu aprendo muito com ele. 

Quase toda a água da Terra está concentrada nos oceanos. E a maior parte da superfície da Terra é coberta pela água dos oceanos. Menos de 3% está na terra e em sua maior parte sob a forma de gelo, neve ou em regiões subterrâneas. Apenas 1% de toda a água existente está disponível sob a forma de rios e lagos ou ainda na atmosfera e no subsolo.

Um tesouro a conservar por uma questão de manutenção da vida no Planeta. Nós que cremos na existência de Deus, compreendemos que a água é um dom de Deus que sabendo da sua riqueza essencial comparou a Si mesmo como a fonte que sacia a sede. 


“Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida.” (Apocalipse 21:6)



“No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. [...] E disse Deus: Haja entre as águas um firmamento que separe águas de águas. Fez, pois, Deus o firmamento e separação entre as águas debaixo do firmamento e as águas sobre o firmamento. E assim se fez. Então Deus fez o firmamento e separou as águas que ficaram abaixo do firmamento das que ficaram por cima. [...] Ao firmamento Deus chamou céu. E disse também Deus: Ajuntem-se num só lugar as águas que estão debaixo do céu, e apareça a parte seca. E assim foi. À parte seca Deus chamou terra, e chamou mares ao conjunto das águas. E Deus viu que ficou bom.” (Gênesis 1:1-10)

Com este texto iniciamos algumas reflexões espirituais tendo a água como palco de transformações.
  


___________



1- .CANAL DE VIDEOS do Cícero no YOUTUBE





2- Aqui você pode ver mais fotos do Alex Uchoa
  




Ruth Alencar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3º Dia: Por que as coisas pioram quando mais buscamos a Deus?

5º Dia: Unges a minha cabeça com óleo e o meu cálice transborda

Refletindo um pouquinho sobre 2 Reis 2: 9- 13