Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

L’amour de Dieu pour l’humanité

Imagem
Série Vers Jesus –  1

La nature et la révélation témoignent de concert en faveur de l’amour de Dieu. Notre Père céleste est l’Auteur de la vie, de la sagesse et de la joie. Contemplez les merveilles de la nature. Constatez leur parfaite adaptation aux besoins et au bienêtre, non seulement de l’homme, mais aussi de tout être vivant. Le soleil et la pluie qui égaient et rafraîchissent la terre; les montagnes, les mers, les plaines: tout nous parle de l’amour du Créateur. C’est Dieu qui subvient aux besoins quotidiens de toutes les créatures. Ces belles paroles du Psalmiste rendent hommage à sa touchante sollicitude:  Les yeux de tous espèrent en toi, et tu leur donnes la nourriture en son temps. Tu ouvres ta main, et tu rassasies à souhait tout ce qui a vie.”(Psaumes 145:15, 16)
Dieu créa l’homme saint et parfaitement heureux. Notre terre, au sortir des mains du Créateur, ne portait pas la moindre trace de corruption, ni la plus légère ombre de malédiction. C’est la transgression de la lo…

Reflexões Especiais para a Semana Santa 2013

Imagem
Aproveitando o momento de contrição pela semana da paixão de Cristo, celebrada pelos cristãos compartilhamos algumas reflexões espirituais.

“A maior sede da raça humana (não é sede por dinheiro) é a sede da alma, é a sede de Deus. Por essa razão, Deus é o único que pode saciar a nossa “sede” por felicidade de maneira completa. No livro dos Salmos encontramos: “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo.” (Salmo 42:1-2, NVI). (Nova Semente)
1# A Missão de Maria

2# A Mensagem de João Batista

#3 A Vocação de Natanael

#4 A visão de Bartimeu

#5 As Oportunidades de Judas

#6 O Encontro com Simão,Cireneu

#7 A Sensibilidade do Centurião

#8 A Esperança dos Discípulos


Mudança de Rumo

Imagem
Série Caminho a Cristo – parte 3

Como pode alguém ser considerado justo diante de Deus? Como pode o pecador ser justificado? Somente por meio de Cristo podemos ter harmonia com Deus e com a santidade; mas como chegar a Cristo? Muitos fazem a mesma pergunta que outros fizeram no dia do Pentecostes, quando, convencidos do pecado, exclamaram: “Que faremos?” A primeira palavra da resposta dada por Pedro foi: “Arrependei-vos”. (Atos 2:37, 38). Em outra ocasião, logo depois disso, ele disse: “Arrependei-vos [...] para serem cancelados os vossos pecados”. Atos 3:19.
O arrependimento inclui a tristeza pelo pecado e o afastamento dele. Não abandonaremos o pecado enquanto não reconhecermos quão perigoso ele é. E enquanto não nos afastarmos sinceramente do pecado não haverá mudança real em nossa vida. 
Muitas pessoas não compreendem a verdadeira natureza do arrependimento. Lamentam seus pecados e até procuram fazer alguma mudança na sua forma de viver por medo de que seus erros lhes causem maiores …

A Ponte sobre o Abismo

Imagem
Série Caminho a Cristo – parte 2



O homem foi originalmente dotado de nobres faculdades e de uma mente equilibrada. Era um ser perfeito e estava em harmonia com Deus. Seus pensamentos eram puros e seus desejos eram santos. Mas, por causa da desobediência, sua mente se tornou pervertida e o egoísmo suplantou o amor. Por causa da transgressão, sua natureza tornou-se tão enfraquecida que ele, por sua própria força, não mais conseguia resistir ao poder do mal. Ele foi feito cativo por Satanás, e assim teria permanecido para sempre se não houvesse a intervenção especial de Deus. Era propósito do tentador frustrar o plano divino da criação do homem e encher a Terra de miséria e sofrimento. Ele atribuiria todos esses males à obra de Deus ao criar o homem. 
Antes de pecar, o homem mantinha uma alegre comunhão com Aquele “em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos”. (Colossences 2:3). Mas depois do pecado já não encontrava alegria na santidade, e procurava esconder-se …

O Amor de Deus

Imagem
Série Caminho a Cristo – parte 1

A natureza e a revelação dão testemunho do amor de Deus. Nosso Pai celestial é a fonte de vida, sabedoria e felicidade. Olhe para as coisas maravilhosas e lindas que há na natureza. Observe como, de forma surpreendente, elas se adaptam às necessidades das pessoas e de todos os seres criados. O brilho do sol e a chuva, que alegram e refrescam o solo, as colinas, os mares, as planícies, tudo isso fala-nos do amor do Criador. É Deus quem supre as necessidades diárias de todas as Suas criaturas. Nas bonitas palavras do salmista: “Em Ti esperam os olhos de todos, e Tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente”. (Salmos 145:15, 16) 
Deus fez o homem perfeito, santo e feliz; a Terra, ao sair da mão do Criador, não mostrava qualquer sinal de degeneração, nem sombra da maldição. Foi a transgressão da lei de Deus — a lei do amor — que trouxe a dor e a morte. Entretanto, mesmo em meio ao sofrimento resultante do peca…