Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Antes do concerto do Sinai ordenou Deus a guarda do Sábado?

Imagem
Uma querida amiga nos convidou para um debate a respeito da vigência do sábado, em nossos dias, como mandamento de Deus para o Seu povo.
Este texto é um comentário resposta ao seguinte argumento elaborado por um de seus amigos: “Particularmente, o Sábado faz parte de um concerto ou pacto entre Deus e o povo israelita (Êxodo 31.16). Antes do concerto do Sinai Deus não ordenou a ninguém que guardasse o Sábado: (Gênesis 3:17); Gálatas 3:10); (Gálatas 4:10-11) o homem é justificado pela fé sem as obras da lei” (Rom anos 3:28).”
É complicado acreditar que isto seja verdade haja vista que, em relação ao argumento de que ‘os Dez Mandamentos não existiam antes do tempo de Moisés’, como disse Francis D. Nichol: “... nenhuma das principais denominações crê assim. Não há nenhum ponto em que as grandes ramificações da igreja cristã estejam mais de acordo do que o fato de que os Dez Mandamentos estiveram em vigor desde o princípio do mundo.”1
Conheça o pensamento de grandes lideres cristãos a respei…

O que você sabe sobre a Marca da Besta?

Imagem
“A Voz de Quem?
Fui tomado por um sentimento de medo.
Um medo diferente.
Não o medo de ameaça sobre mim.
O medo da ameaça de mim.
Encontrei em João 10:24-28 o relato de uma conversa que Cristo teve no pórtico Salomão enquanto andava pelo templo.
Nela os judeus pedem para que Jesus declare de uma vez por todas se Ele é ou não o Messias.
Jesus responde que já deu claramente essa resposta, mas eles não entenderam e explica:
“vós não credes porque não sois das minhas ovelhas” (João 10:26 na Bíblia de Jerusalém).
“As minhas ovelhas escutam a minha voz e eu as conheço e elas me seguem” (João 10:27, idem).
Jesus diz a esses religiosos profissionais que eles não podem crer nEle.
A explicação é que eles não Lhe pertencem.
“Não podem crer em mim porque não são meus, não estão comigo”(minha livre tradução).
“Não são de Deus”.
Mas como religiosos podem não ser de Deus?
Seria engraçado, não fosse triste.
Ora, se é possível ser religioso, devoto, “adorador”, frequentador do templo, estudioso da Bíblia e não ser de…