Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

A plenitude dos tempos: hoje vos nasceu o Salvador

Imagem
Este capítulo é baseado em Gálatas 4:4-5; Ezequiel 12:22; Gênesis 15:14; 49:40; Êxodo 12:41; Mateus 2:18; Atos 3:22; Isaías 42: 4; 44:3 ; 60: 3;61: 1-2;  Daniel 2:44; Salmo 112:4; Miqueias 5:2; Apocalipse 19:6; Romanos 11:33; Lucas 2:1-20.

por  Ellen White, O Desejado de Todas as Nações, Capítulos 3 e 4
Vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou Seu Filho [...] para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos”. (Gálatas 4:4, 5)
A vinda do Salvador foi predita no Éden. Quando Adão e Eva ouviram pela primeira vez a promessa, aguardavam-lhe o pronto cumprimento. Saudaram alegremente seu primogênito, na esperança de que fosse o Libertador. Mas o cumprimento da promessa demorava. Aqueles que primeiro a receberam, morreram sem o ver. Desde os dias de Enoque, a promessa foi repetida por meio de patriarcas e profetas, mantendo viva a esperança de Seu aparecimento, e todavia Ele não vinha. A profecia de Daniel revelou o tempo de Seu advento, mas nem todos interpreta…

História da Redenção parte 5

Imagem
Deus estabelecera um tempo, uma ocasião, e este tempo havia chegado. O anjo Gabriel havia anunciado esse marco do tempo por ocasião da extraordinariamente precisa predição que ele havia feito a Daniel, no encerramento do capítulo 91.



Este episódio será melhor compreendido após a leitura do texto‘A plenitude dos tempos: hoje vos nasceu o Salvador’


The Record Keeper - Episódio 07 - O Assalto



lembrem-se de ativar a legenda no youtube.


.  Parte 1
Parte 2
Parte 3

 Parte 4

. Parte 6
Parte 7
Parte 8

Tornando-se pais de Oração

Imagem
por Stormie Omartian O poder dos pais que oram, cap. 1, Mundo Cristão.
“[...] Pais e mães tentam fazer o melhor possível para criar seus filhos. Mas, quando pensam que têm seu papel de pais bem esboçado, descobrem que pisam em terreno desconhecido à medida que deparam com novas faixas etárias e novas etapas com seus desafios próprios. Às vezes flutuam pela situação na maior tranquilidade. Às vezes encontram tempestades e ondas gigantescas. Algumas vezes sentem-se tão cansados que têm vontade de desistir – e se deixar levar pelo temporal.
[...] Não precisamos viver com medo do que pode trazer cada fase de desenvolvimento, que perigos podem estar à espreita atrás de cada esquina. Nem temos de ser pais perfeitos. Podemos começar agora – neste exato instante – a exercer uma diferença positiva no futuro de nosso filho. Nunca é cedo ou tarde demais.
[...] Em cada estágio de suas vidas nossos filhos precisam e serão grandemente beneficiados por nossas orações. [...] Depois, dando um passo de cad…

História da Redenção parte 4

Imagem
Este episódio será melhor compreendido após a leitura do texto ‘Os enganos de Satanás’.
“Satanás não cederá uma polegada de terreno sequer, a menos que seja rechaçado pelo poder dos mensageiros celestiais. O povo de Deus deve ser capaz de o enfrentar, como fez nosso Salvador, com as palavras: “Está escrito.” Satanás pode citar as Escrituras hoje, como o fez nos dias de Cristo, e perverterá seus ensinos para apoiar seus enganos. Porém, as singelas declarações da Bíblia fornecerão armas poderosas em cada batalha.
Os que quiserem estar de pé no tempo de perigo, precisam compreender o testemunho das Escrituras relativo à natureza do homem e o estado dos mortos, visto que num futuro próximo muitos serão defrontados por espíritos de demônios personificando parentes amados ou amigos e declarando as mais perigosas heresias. Estes visitantes apelarão para os nossos mais ternos sentimentos de simpatia, efetuando prodígios para apoiarem suas pretensões. Devemos estar preparados para resistir-lhes …

Os enganos de Satanás

Imagem
Este capítulo é baseado em Gênesis 2: 15-17; 3:1-5; 1 Samuel 28; Ezequiel 18:4; Apocalipse 13: 13-14; Tiago 3:15; Isaias 8:19-20; 2 Tessalonicenses 2:10-11
por  Ellen White, História da Redenção, Capítulos 561 e 572
‘Satanás começou com seu engano no Éden. Disse a Eva: “Certamente não morrereis.” Esta foi a primeira lição de Satanás sobre a imortalidade da alma, e ele tem prosseguido com este engano desde aquele tempo até o presente, e o conservará até que termine o cativeiro dos filhos de Deus. [...]. 

Satanás disse a seus anjos que fizessem um esforço especial para espalhar a mentira a princípio proferida a Eva no Éden: “Certamente não morrereis.” E, sendo o erro recebido pelo povo, e sendo este levado a crer que o homem é imortal, Satanás induziu-os a crer que o pecador viverá em eterno estado de miséria. Achava-se preparado o caminho para Satanás agir por intermédio de seus representantes e apresentar a Deus perante o povo como um tirano vingativo, como alguém que mergulhe no inferno…