Apocalipse Capítulo 8 – Comentários

Em construção

Apocalipse 8
A Volta de Jesus
O Sétimo Selo
Os Sete Anjos e o Incensário de Ouro: da Primeira à Quarta trombetas

Comentários Dr. Ranko Stefanovic

“Toda visão principal do Livro de Apocalipse começa a Partir do Santuário Celestial. O Santuário celestial é a fonte de todas as ações divinas que são realizadas na Terra. Tudo tem a ver com o que jesus fez no Santuário. A visão das 7 Trombetas começa no Santuário Celestial.” Ranko Stefanovic

Apocalipse 8: 1- 6

1Quando o Cordeiro quebrou o sétimo selo, houve silêncio no céu durante quase meia hora.  2Então vi os sete anjos que estão em pé diante de Deus, e lhes foram dadas sete trombetas. 3Veio outro anjo e ficou em pé junto ao altar, com um incensário de ouro, e lhe foi dado muito incenso para oferecê-lo com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro que está diante do trono. 4E da mão do anjo subiu à presença de Deus a fumaça do incenso, com as orações dos santos. 5Então o anjo pegou o incensário, encheu-o do fogo do altar e o atirou à terra. E houve trovões, vozes, relâmpagos e terremoto. 6Então os sete anjos que tinham as sete trombetas se prepararam para tocar.

“Notem que os anjos não apenas receberam as trombetas. Eles estavam prontos para tocá-las. Esta não seria a melhor leitura! na verdade, temos uma espécie de interlúdio, um parêntese que é aberto entre os verso 2 e 6. Por que os versos 3 a 5 foram colocados antes do verso 6?

Na verdade, sempre que a gente tem essas visões introdutórias do Santuário, elas sempre têm algo muito importante a nos dizer sobre o todo.

João vê anjos. De fato, João vê outro anjo que está diante do altar. E, ele está segurando um incensário de ouro. E João, imediatamente nos explica que esse incenso é um símbolo das orações dos santos. A fumaça do incensário passava por cima da cortina e entrava no Santíssimo. Nós temos dificuldades para compreender isto. Mas, os cristãos que leram esta passagem quando João escreveu em termos antigos, não tiveram esta dificuldade. Afinal, esta visão descreve algo que acontecia o tempo inteiro no Templo em Jerusalém. E, nós sabemos disto porque há uma obra judia chamada משנה, Mishná, que fala sobre isto.

No sacrifício diário, enquanto o sacerdote oferecia as orações através da fumaça do incensário, as pessoas ficavam ao redor do Templo, enquanto o Sacerdote entrava no Lugar Santo, pedindo a Deus que respondesse suas orações.

O sacerdote tinha que entrar no Lugar Santo, de forma bem solene, para ver se a fumaça estava passando por cima da cortina e entrando no Lugar Santíssimo.

E, quando ele saia do Lugar Santo ele pegava o incensário e jogava o incensário no chão. Os judeus exageravam dizendo que o barulho que o incensário fazia ecoava por toda a Jerusalém. Para os judeus aquele barulho era muito significativo, muito importante. Este barulho significava que este serviço diário estava concluído. Esta visão também reflete o que está escrito no livro do profeta Ezequiel.” Ranko Stefanovic

Ezequiel: 10 1 -2

A visão das brasas de fogo:

1Olhei, e eis que, no firmamento que estava por cima da cabeça dos querubins, havia algo como uma pedra de safira e que parecia ser um trono. 

2E falou ao homem vestido de linho:— Vá por entre as rodas até debaixo dos querubins e encha as mãos com brasas acesas que estão entre os querubins. Depois, espalhe as brasas sobre a cidade. Ele entrou, enquanto eu observava. 

“Quando o fogo do incensário caia no chão, significava os juízos de Deus caindo sobre Seus inimigos. então, a gente chega a compreensão que o barulho do incensário e das trombetas refletem os juízos de Deus. Mas, então, qual era o significado das trombetas? A gente tem que ir ao Velho Testamento.

Números 10: 8 – 10:

“Os filhos de Arão, sacerdotes, tocarão as trombetas; e isto será para vocês por estatuto perpétuo de geração em geração. 9— Quando, na sua terra, vocês saírem a lutar contra os inimigos que os oprimem, também tocarão as trombetas na forma de alarme, e diante do Senhor, o Deus de vocês, haverá lembrança de vocês, e serão salvos de seus inimigos. 10Também nos dias de alegria, e nas festas fixas, e no princípio de cada mês, toquem as suas trombetas sobre os seus holocaustos e sobre os seus sacrifícios pacíficos, para que sejam por memorial diante do seu Deus. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.”

“Este texto nos oferece o sentido teológico das trombetas. Toda a vida do povo de Israel girava em torno das trombetas. Todo evento importante de Israel era marcado pelo toque das trombetas. Então, o que significa o soar das trombetas?

Está escrito em Números:

Quando, na sua terra, vocês saírem a lutar contra os inimigos que os oprimem, “

“… para que sejam por memorial diante do seu Deus.”

“Mesmo na colheita agrícola o soar das trombetas anunciavam as bênçãos recebidas de Deus. Também anunciava a esperança de que Deus continuaria abençoando Seu povo. O som das trombetas estavam sempre associado às orações. Vemos isto em 2 Crônicas 13: 14 -15:

“14Quando os homens de Judá olharam, viram que a batalha estava por diante e por detrás. Então clamaram ao Senhor, e os sacerdotes tocaram as trombetas. 15Os homens de Judá gritaram. Quando gritavam, Deus derrotou Jeroboão e todo o Israel diante de Abias e de Judá. “

Deus sempre intervinha. É este significado teológico das trombetas que é levado para o livro de Apocalipse. Precisamos nos lembrar sempre que as trombetas estavam ligadas à oração. Elas clamavam: ‘Oh, Senhor, salva-nos dos nossos inimigos!’

Preciso fazer uma rápida observação aqui. O texto diz que o anjo está diante do altar. Há fortes evidências de que seja o altar de sacrifício, de holocausto. E era exatamente isto que acontecia no Templo de Jerusalém.

a confusão na compreensão deste texto está no sentido que as pessoas dão a este altar. Se você for ao capítulo 6 de apocalipse , nos versos 9 – 11, no 5° Selo, João viu o sangue dos santos no altar com as orações desses santos a Deus.

E eles indagam: “Quanto tempo ainda , Senhor, até que Tu nos salves de nossos inimigos? E esta indagação ocorre muitas vezes na Bíblia.

“Quanto tempo ainda, Senhor?” E isto ocorre abaixo do holocausto.

E a gente lê que essas pessoas são os mártires que morreram por causa da sua fé em Deus. O povo de Deus que vive no mundo anunciando o Evangelho vive num mundo hostil. Jesus disse que o mundo inteiro iria odiá-los por causa dEle. E todas as vezes que trabalhamos para Deus enfrentamos as dificuldades deste mundo hostil. E, nós já lemos isto na história. Milhares e milhares de pessoas que foram fiéis a Deus e sofreram o martírio disso. Esta tem sido a oração do povo de Deus desde que Abel foi morto por Caim. E esta oração nós repetiremos até a volta de Jesus.

As vezes escutamos irmãos dizerem: ‘será que a minha oração passa do teto?'”

Estes comentários acima do pastor Ranko estão no vídeo logo abaixo a partir do tempo 5.54

As 7 Trombetas descrevem em símbolos a condição da Igreja de Deus da ascensão de Jesus até à Sua volta

Lembre dos significados simbólicos do número 7 ao longo das Escrituras Sele Igrejas, Sete Selos, Sete Trombetas, as Sete últimas Pragas

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 46a.png

1ª Trombeta

2ª Trombeta

3ª Trombeta

4ª Trombeta

A 5ª e 6ª Trombeta você vê no capítulo 9

A 7a Trombeta é tratada no Capítulo 11

Curso Apocalipse Avançado: As Sete Trombetas

Comentários de C.Mervyn Maxwell

Canal Entrelinhas

Comentários de Ellen White

. O Valor dos Mártires: Os primeiros cristãos, leais e genuínos, Capítulo 02 – O Grande Conflito ou Os Resgatados

Você pode ver o estudo completo do Livro Apocalipse aqui

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *